Os 10 jogos mais violentos da história

Compartilha aí!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter

jogos mais violentos da historia
Tivemos diversos casos recentes em que pessoas invadem locais e matam dezenas de pessoas a sangue frio. A mídia, ao invés de investigar a fundo o que pode ter motivo a pessoa a causar tamanha brutalidade, acaba culpando os jogos violentos. Eles acabam sendo sempre responsabilizados pela violência dos jovens. Mas deixando tudo isso de lado, fizemos uma lista aqui com os jogos que julgamos os mais violentos de toda a história. 

10 – Carmageddon

Carmageddon Jogo Violento

Sim, essa lista tinha que começar com o clássico e polêmico Carmageddon. O jogo foi lançado no ano de 1997, mas teve um breve retorno em aplicativo para o Android em 2013. O principal objetivo do jogo era dirigir e atropelar o máximo de pessoas possíveis, isso é, quanto mais pessoas você passa por cima, mais pontos você ganha.

Era um jogo, podemos dizer que, bem emocionante, mas muitas pessoas e autoridades não conseguiam entender que era apenas um jogo e não achavam nada emocionante. Eles acreditavam que isso encorajaria os jovens a fazer a mesma coisa na vida real. Em função disso, o jogo foi banido e censurado em diversos países, o Brasil inclusive foi um deles.





Um ótimo exemplo de censura do Carmageddon foi na Alemanha, onde as pessoas no jogo foram substituídos por robôs e quando ocorria os atropelamentos, jorrava óleo ao invés de sangue.

E é claro, como tudo que é proibido e causa polêmica atrai ainda mais as pessoas, o jogo foi um sucesso e mesmo com as censuras e proibições, o Carmageddon foi um dos mais jogados da época.

9. Bioshock

bioshock jogo violento

Diferente de outros jogos violentos, que não costumam ser muito elogiados, o Bioshock, em seu lançamento em 2007, impressionou bastante os críticos com os gráficos imersivos que foram trabalhados. O jogo retrata uma cidade submersa em torno de 1960. O mais perturbador do jogo era o fato de pequenas garotas mutantes que ficam vagando pela cidade e são protegidas pelo seus ‘pais., chamadas de Little Sisters e Big Daddies, respectivamente. O que deixava o jogo violento e as pessoas em dúvida era, se você matasse as garotas ganharia mais pontos, caso não matasse receberia bem menos. Muitas pessoas deixavam de atirar nas meninas, e você? Mataria?

8 – Soldier of Fortune

jogo soldier of fortune

Este também, é um belo exemplar de jogo, não? Lançado pela Microsoft em Março de 2000 e após algum tempo depois também foi lançado para o Playstation 2. Assim como o próprio nome diz, o jogador é um soldado e feito em primeira pessoa e não esconde nem um pouco da violência envolvida nesse tipo de pessoa. Podemos falar que o corpo foi dividido em 26 zonas, podendo atirar em qualquer uma delas com uma reação dramática diferente, então, a parte que todos mais gostamos, que é um tiro na cabeça, por exemplo, faz com que o inimigo exploda a cara e fique apenas com um ‘toquinho’ no pescoço. Já um tiro na virilha, fará com que o inimigo fique se rastejando para agarrar a sua perna.

Essa jogabilidade tão detalhada foi graças a tecnologia GHOUL, que nada mais é que o desmembramento do corpo humano em várias zonas, fazendo com que cada lugar que for atingido, tenha uma reação.

Mas o jogo, Soldier of Fortune, como já era de se esperar, foi classificado como de extrema violência, classificado até como “Filme Adulto” na Colúmbia Britânica e, também, adicionado em uma lista como “prejudicial aos jovens” na Alemanha. A Microsoft adicionou uma função nas opções do jogo que, para quem não aguenta muito, poderia desligar o sangue no jogo.

7. God of War II

god of war 2 violento

Os mitos gregos são conhecidos por conter boas histórias de violência, exemplos de sacrifício de crianças, incesto e outras coisas pesadas. O God Of War recria este cenário colocando o jogador como o ‘Deus da Guerra’, Kratos, tendo que se vingar de Zeus, o principal Deus do jogo. Durante toda a jogatina, para quem conhece bem as histórias mitológicas, você vai vendo cópias de acontecimentos muito bem trabalhados. Confesso que o jogo pode ser muito melhor do que algumas aulas de História da escola. Diversas outras séries do jogo foram saindo, mas acabaram virando um puzzle ao invés de continuar com a violência que todos gostavam. De qualquer forma, o God Of War II foi nomeado como o melhor jogo de PS2 de 2012.

6. Mortal Kombat

mortal kombat violento

O tão famoso jogo, Mortal Kombat, provocou uma incrível indignação na época do seu lançamento, em 1992. O que chamou mais atenção na época foi no final de toda luta, o tão conhecido FATALITY, onde,você poderia usar uma jogada especial para ‘finalizar com chave de ouro’. O jogo Mortal Kombat foi banido em vários países, mas se tornou uma das franquias mais rentáveis e atuais de todos os tempos, com muitas versões diferentes do jogo, juntamente com programas de TV, livros e até filmes. 

5. Manhunt

manhunt jogo violento

A famosa Rockstar Games, lançou o Manhunt em 2003, ficou muito conhecido na época por tamanha violência inserida no seu gameplay. No jogo, existem várias maneiras de matar os inimigos, um dos mais comentados foi o sufocamento com sacolas plásticas e, isso aliado aos os gráficos extremamente realistas, geraram grande comoção.

O Chicago Tribune (maior jornal de Chicago) afirmou o seguinte “Manhunt é facilmente o jogo mais violento de todos os tempos”. 

A controvérsia em torno do jogo explodiu em 2004, quando foi implicada no assassinato de Stefan Pakeerah, de 14 anos, por seu amigo Warren LeBlanc. Os pais da vítima dizem que LeBlanc jogava de uma forma muito obsessiva, porém a polícia negou qualquer tipo de relação. Algumas declarações iniciais, diziam que havia sido achado uma cópia de Manhunt no quarto de LeBlanc, mas estavam erradas, na verdade, foram encontrada no quarto do Pakeerah. Ainda assim, houve uma campanha contra o jogo para que não houvessem outros possíveis assassinatos.

4. Dead Space

dead space jogo violento

Outro jogo de grande sucesso é a série Dead Space, lançado inicialmente no ano de 2008 e que teve 3 sequências desde então. O jogo foi descrito como o “jogo mais assustador do mundo” e, podemos dizer que, orientou a criação do filme “Alien”, com sobreviventes de um ataque de monstros andando em um navio de mineração abandonado. O jogo envolve mortos-vivo chamados Necromorphs, e o protagonista Isaac teve que cortar seus membros para impedir que fosse morto. 

O jogo se assemelha muito a um filme de terror, com uma atmosfera incrível. Resumindo, o jogo é cheio de detalhes, aterrorizante e com ótimos gráficos para a época.

3. Mad World

madworld violento

Quando pensamos em jogos extremamente violentos e com muito sangue, naturalmente já pensamos que seriam feitos para as plataformas do XBox, PC ou Playstation, certo? Acredito que nem passou pela sua cabeça que o jogo seria para o Wii! Sim, aquele console que ficou famoso pelos jogos de golfes, boliche… 

Mas o Mad World, na época, fugiu do padrão, e continha altos níveis de violência. O enredo do jogo foi bem parecido com “Battle Royale” ou até “Jogos Vorazes”, onde os personagens precisam se matar em favor do entretenimento e as mortes são bem, digamos, criativas, como por exemplo, empurrar seus oponentes sob um trem veloz.

Como já era de se imaginar, grupos como o Media Watch condenaram o jogo na época, dizendo: “Precisamos garantir que os valores modernos e civilizados tenham prioridade em vez de matar e mutilar pessoas”, no entanto, as revistas que eram mais especializadas em jogos riram e foram irônicos sobre as críticas, dizendo que a violência era tão forçada e ridícula que não deveriam nem se preocupar, pois ninguém deveria levar a sério.

2. Postal 2

postal 2 - jogo violento

Em 1993, uma nova frase entrou no vocabulário Americano “Going Postal” e se referia a um número gigante de tiroteios que foram cometidos por trabalhadores dos correios nos anos 1980 e 1990. O Postal e o Postal 2 é muito baseado nesta frase, o conceito do game violento é que qualquer pessoa um dia poderá simplesmente atacar alguém ou matar outra pessoa. A jogabilidade do Postal em sí, é bem simples, realizar algumas missões diárias, podendo fazer de uma forma bem violenta também, é uma das opções. E claro, como esperado, o resultado seria uma extrema violência. O jogo Postal 2 acabou sendo proibido na Nova Zelândia, devido ao conteúdo do game ser “gross, abhorrent content” (Grosseiro e repugnante), ah, detalhe que o jogo tinha algumas particularidades que incluía crueldade com gatos.

1. Grand Theft Auto V

GTA V - jogo mais violento

Ahhhh o famoso GTA V, que jogo, que obra de arte. E como já estamos acostumados, causou MUITA indignação com o lançamento no ano de 2013 (nem parece que faz tanto tempo, ainda mais para quem ainda joga online), afinal, todos já esperavam sexo, assassinato e muita violência, assim como em qualquer outra versão do jogo GTA.

Teve uma missão, em particular, que causou uma controvérsia, “By the Book”, nela tinha que torturar um fugitivo do Azerbaijão, seguido por uma história de um dos personagens sobre como a tortura não foi suficientemente eficaz. A ideia claramente era para ser uma sátira aos métodos americanos de lidar com prisioneiros de outros países, mas claro, tiveram reclamações e protestos sobre o extremo mau gosto da missão.





Misture todas as possibilidades do jogo, com algumas missões, teremos o GTA V como o jogo mais violento de toda a história.

O que achou da lista? Mudaria algo?

Compartilha aí!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Você também pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *