Jogo do Bicho: Mitos e verdades sobre o jogo

Compartilha aí!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Conheça um pouco mais sobre o famoso jogo de aposta que nasceu no Brasil e invadiu o imaginário popular em todo o país

Se você já sonhou com algum animal e pensou “hoje devo jogar no bicho”, pode ter certeza que não está sozinho nisso. O tradicional jogo de azar povoa o imaginário da maioria das pessoas, mesmo aqueles que nem gostam de apostar. 

Apostas jogos azar

Jogar no bicho, no caso, significa fazer um lance no Jogo do Bicho, um tipo de loteria idealizado no Brasil, mais precisamente no Rio de Janeiro, que rapidamente se espalhou pelo país inteiro. 

O que torna essa prática única e, ao mesmo tempo, significativa é sua peculiaridade de utilizar animais ao invés de números simples. Cada bicho corresponde a quatro dezenas, o que permite diferentes lances. 

Ao todo, são 25, nessa ordem: avestruz, águia, burro, borboleta, cachorro, cabra, carneiro, camelo, cobra, coelho, cavalo, elefante, galo, gato, jacaré, leão, macaco, porco, pavão, peru, touro, tigre, urso, veado e vaca. 

Entretanto, o Jogo do Bicho sempre é visto como algo misterioso, com segredos e até certa reserva. Confira o que é mito e o que é verdade sobre esse jogo popular e típico. 



O jogo do bicho é ilegal?

Verdade. Qualquer tipo de aposta que não seja autorizada e regulamentada pelo governo federal não pode operar no país. A decisão foi tomada em 1941 com a lei 3688, que considera contravenção qualquer jogo de azar, cassino e exploração não autorizada de loteria. 

Apesar de ser proibido, isso não significa que tenha desaparecido. Pelo contrário, ele se fortaleceu ao longo das décadas e passou a interferir até em outras áreas, como esporte e Carnaval, por meio de financiamentos e investimentos. 

Uma das explicações para o sucesso é sua simplicidade. Nele, há 25 grupos com quatro dezenas cada. Esses grupos são nomeados de acordo com um animal em ordem alfabética. O avestruz é o primeiro e a vaca é a última. 

Os sonhos ajudam a escolher o número vencedor?

Mito, mas em partes. Não há qualquer evidência científica que garante que o sonho possa interferir na escolha correta de jogos de azar. Até porque sua principal característica é justamente a imprevisibilidade do resultado. 

Entretanto, é essa a graça por trás do Jogo do Bicho. Ao combinar animais com números, permite que as pessoas misturem diferentes variáveis, como os sonhos, placas de carro, aniversários, mascotes, horóscopo, etc. 

Você sabia, por exemplo, que sonhar com um fantasma pode ser associado ao Tigre no Jogo do Bicho? Crianças podem significar borboleta e casamento representa avestruz. São apenas uma das várias associações que encontramos em diferentes fontes de informação. 

Recebe esse nome porque surgiu em Zoológico?

Por mais incrível que possa parecer, é verdade. O Jogo do Bicho nasceu em 1892 como iniciativa de João Batista Vianna Drummond para atrair visitantes ao seu Zoológico, no Rio de Janeiro, e melhorar as receitas do negócio. 

A brincadeira era simples: ele colocava o desenho de um dos 25 animais do parque em um quadro e içava em um poste. Cada pessoa recebia um bilhete com um dos bichos e, no fim do dia, quem tivesse o mesmo animal do quadro ganhava um prêmio em dinheiro. 

Rapidamente o modelo se espalhou em toda a cidade, então capital do país. Diversos comerciantes começaram a montar bancas para receber o pagamento das apostas e garantir a distribuição dos prêmios, fazendo com que a rifa se transformasse em aposta. 

leão jogo do bicho

O Jogo do Bicho paga pouco?

Mito. Como qualquer casa de apostas em todo o mundo, a premiação do Jogo do Bicho está condicionada diretamente ao valor financiado pela pessoa. Se você colocar pouco dinheiro, certamente irá ganhar menos do que outros vencedores. 

Normalmente, o jogo tradicional (grupo simples) costuma pagar uma proporção de 18:1. Ou seja, você ganha R$ 18 em cada real investido. Parece pouco se comparado a outros prêmios, mas é possível ter lucro se tiver sorte. 

No Milhar, por exemplo, o prêmio é de R$ 4 mil para cada real ofertado – mas as chances de vitória são bem menores. Já na Duque de Dezena, a proporção costuma ser 300:1, ou seja R$ 300 de ganho para cada real apostado. 

Há diferentes formas de jogar?

Verdade. Apesar de uma modalidade ser reconhecida em todo o país, há várias categorias em que a pessoa pode apostar e ganhar dinheiro no Jogo do Bicho. As três principais são: Grupo Simples, Milhar e Duque de Dezena. 

O Grupo Simples é a versão mais clássica, que provavelmente você já ouviu falar. Nele você aposta em um bicho específico, ou seja, nas quatro dezenas que ele representa. Se os últimos dois números sorteados na Loteria Federal corresponderem ao seu grupo, você ganha. 

O Milhar, por sua vez, é mais difícil: o apostador precisa acertar os quatro números sorteados para vencer. Já no Duque de Dezena você escolhe dois dos quatro números de um único animal e ganha se eles saírem em qualquer uma das cinco sequências sorteadas. 

Não corra riscos. Jogue de forma segura

O Jogo do Bicho pode ser divertido, mas se você for pego jogando pode ter que pagar uma multa na justiça. Não se esqueça: qualquer tipo de aposta que não seja regulamentada pelo governo federal é contravenção e passível de sanção. 





Para aqueles que gostam de fazer algumas apostas (sempre com moderação), alternativas interessantes são os bolões esportivos com grupos de amigos ou até mesmo sites de apostas online, modalidade que vem crescendo em todo o mundo. 

Compartilha aí!Share on Facebook
Facebook
0Tweet about this on Twitter
Twitter

Você também pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *